Marinha e Defesa Civil emitem alerta de tempestade para o Rio de Janeiro

A Marinha do Brasil emitiu um alerta informando sobre a  formação de um ciclone com possíveis características subtropicais, a partir do dia 23 de janeiro. Caso a intensidade dos ventos observados alcance ou supere 63 km/h, o fenômeno será reclassificado como Tempestade Subtropical “Kurumí”, expressão em tupi-guarani que significa “menino”. A provável área de formação do ciclone subtropical será em alto-mar, entre o Norte do estado do Rio de Janeiro e o Sul do estado do Espírito Santo, com deslocamento inicialmente para Sul, afetando as condições de tempo e mar entre os estados de Santa Catarina e Bahia, a partir do dia 23 pela manhã. São esperados ventos com direção de Nordeste a Norte e intensidade de até 87 km/h (47 nós) em alto-mar, entre o estado do Rio de Janeiro, ao Norte de Arraial do Cabo (RJ) e o estado da Bahia, ao Sul de Caravelas (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25.

 

Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se lançarem ao mar. O Governo Federal, através da Defesa Civil, alerta para tempestades no Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Os totais pluviométricos podem alcançar até quatrocentos milímetros. As chuvas mais intensas deverão começar a cair nesta quarta-feira e podem prosseguir até o final de semana.

 

A Defesa Civil nacional envia gratuitamente alertas por meio de SMS nos celulares e mensagens nas TVS por assinatura. Os moradores dos estados afetados devem ficar atentos a esses canais de comunicação e, caso não tenham se cadastrado para receber os avisos pelo celular, devem fazer a inscrição. Para se cadastrar, basta enviar um SMS com o cep de interesse para o número 40199.

 

Verifique também

Arraial do Cabo pretende iniciar segunda fase de flexibilização no próximo fim de semana

O processo de flexibilização da quarentena em Arraial do Cabo deve entrar na segunda fase, …

2 comentario

  1. Ótimo alerta!

  2. Como esta a situação do tempo para minas gerais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *