Arraial do Cabo terá novas taxas de entrada e permanência no Município para veículos turísticos

A Prefeitura de Arraial do Cabo anunciou nesta segunda-feira (27) que o decreto Nº 2865, publicado em 17 de abril de 2019, entrará em vigor a partir do dia 1º de dezembro de 2019. O decreto fixa novas taxas de entradas e permanência de veículos turísticos no Município, como ônibus, vans e similares.

A decisão da data ocorreu após reunião realizada pelo setor hoteleiro e  operadores de atividades turísticas exploradas no município com a Secretaria de Turismo e Eventos. O objetivo foi ouvir todas as partes envolvidas e explicar cada detalhe do decreto e seus objetivos.

Os interessados podem ler o decreto nº2.865 na íntegra no site oficial de Arraial do Cabo www.arraial.rj.gov.br, na aba “Legislação”.

 

Valores das taxas:

Os valores vão variar de acordo com a modalidade da excursão. Caso seja com hospedagem em estabelecimento cadastrado no Ministério do Turismo, os valores são: R$ 600 (ônibus); R$ 300 (micro-ônibus) e R$ 150 (vans e similares).

Para hospedagem em imóveis de aluguel e hostels com inscrição no CNPJ e alvará os valores são de R$ 1 mil (ônibus); R$ 500 (micro-ônibus) e R$ 250 (vans e similares). Para a mesma modalidade, mas sem inscrição no CNPJ, os valores ficarão em R$ 2 mil na baixa temporada e R$ 3 mil na alta temporada (ônibus); R$ 1mil na baixa temporada e R$ 1.500 na alta temporada (micro-ônibus); R$ 500 na baixa temporada e R$ 720 na alta temporada (vans e similares).

Para city tour e veículos de transporte que levam para passeio de barco, será preciso desembolsar R$ 400 (ônibus); R$ 250 (micro-ônibus) e R$ 150 (vans e similares). Por fim, no caso de excursões sem reserva (‘day use’), os valores ficarão estabelecidos em R$ 5 mil (ônibus); R$ 2.500 (micro-ônibus) e R$ 1.200 (vans e similares). A tarifa de estacionamento assegura a permanência do veículo pelo período de 24 horas.

 

 

Verifique também

Arraial do Cabo pretende iniciar segunda fase de flexibilização no próximo fim de semana

O processo de flexibilização da quarentena em Arraial do Cabo deve entrar na segunda fase, …

9 comentario

  1. Como faço para pagar essa taxa?

  2. Vou me ospedar em cabo frio e vou fazer o passeio de barco em arraial de manhã e a tarde volto para cabo frio.. como faço o pagamento para ônibus?

  3. Sheila Cristina da Silva Xavier

    Muito caro

  4. comofaco para pagar essa taxa de entrada na cidade

  5. Levi Rodrigues dos Santos

    Boa tarde senhores;

    Pelos valores aplicados sub – entendo esse é um convite a não visitar Arraial do Cabo.
    Você ter que pagar R$ 400,00 do ônibus para ir ficarna praia e almoçar na cidade ou realizar passeio de barco.
    Desculpem. Mas acho isso um abuso de poder inexplicável.
    Vou verificar junto a Turisrio e ao Ministério do Turismo até onde juridicamente essa lei Municipal tem o poder para tal.
    Quando chegamos temos uma licença de viagem Federal para Arraiail do Cabo expedito pelo órgão responsável para realização da viagem e quando chegamos a cidade temos que pagar para entrar.
    Realmente pergunto – lhes o que predomina? A licença Federal ou a Municipal?

    • Maria Aneli Martins da Silva

      Não é um abuso inexplicável. Isso se chama ganância desmedida seguida de extorsão. A praia é um local público, portanto é totalmente inconstitucional cobrar taxa das pessoas para visitarem um local que é publico. De direito de todos. Agora é claro que esse bando de malditos, unidos pela ganância, se aproveitam da autoridade do prefeito para legalizar a extorsão através de seus decretos. Os decretos do diabo. Só uma quadrilha faz isso, usar a polícia para parar os veículos e forçar o pagamento das altas taxas, como se fossem donos da praia. Que o Todo Poderoso volte seus olhos na direção dessa raça de víboras, e conceda nada menos que a indignação e a revolta a todos que pensam em visitar Arraial do Cabo, unindo seus corações na determinação de deixar a cidade vazia, porque para o Criador, nada é impossível.

  6. Um abuso tomara que as pessoas deixem de frequentar e alimentar a máfia do prefeito vereadores e a policia que para os carros onibus vans pra forçar o pagamento desa taxa caloteira…

  7. Maria Aneli Martins da Silva

    Hoje eu li um comentário de um rapaz no site da Rádio Cabo Frio, onde ele fala que as altas taxas cobradas dos turistas para entrar em Arraial do Cabo, são um abuso de autoridade inexplicável. Na verdade, não é inexplicável, isso se chama ganância desmedida.
    A praia é um local público, de livre acesso ao povo. Portanto, cobrar taxa de acesso à praia é inegavelmente inconstitucional. Mas como então o bando de malditos gananciosos conseguiria extorquir o turista? Ora, usando a autoridade deles para fazer decretos e legalizar o comportamento deles. Os decretos do diabo, que conseguiu unir todos eles através do mesmo mal, a ganância desenfreada por dinheiro. Tanto é verdade, que até a polícia é usada nisso tudo para parar os veículos no intuito de forçar o pagamento das altíssimas taxas, como se a praia fosse deles. Raça de víboras! Vamos ver se o conselho de Satanáz vai ajudar vocês no dia do julgamento!
    Que o Todo Poderoso volte seus olhos na direção de Arraial do Cabo, e conceda nada menos que a indignação e a revolta a todo turista que intente visitar essa cidade, e que Ele mesmo, o Criador, una o coração de todos os turistas com a intenção de deixar vazia essa cidade, até que retirem as taxas. Porque Deus é justiça e para Ele, nada é impossível.
    Quando foi que vocês se tornaram donos da terra? São os filhos do diabo que pensam ser os donos da terra.

  8. Todos os turistas deveriam de evitar essas cidades da regiao dos lagos,que cobramessas taxas, assim esses municípios que vivem do turismo irao sentir no bolso e tirar essa taca absurda.
    Vamos fazer turismo por Minas gerais ,e se quiserem ir a praia vamos ao Estado do Espírito Santo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *