Foto: Divulgação/Polícia Civil

Homem acusado de atropelar e matar quatro pessoas em Araruama vai responder em liberdade

Foi julgado nesta quinta-feira (12 de março) o homem acusado de atropelar e matar quatro pessoas em setembro de 2017, em Araruama. O acidente em questão matou cinco pessoas e deixou seis feridos na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), numa manhã de domingo. Segundo o Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), um carro capotou no km 80, na altura do Morro do Moreno, e um grupo de moradores foi socorrer o motorista, que morreu na hora. Quatro pessoas acabaram atropeladas por um segundo veículo. Esse carro era dirigido por um homem conhecido como Saquaboy. Ele foi preso dois dias após o atropelamento. Segundo as investigações da Polícia Civil, o homem teria participado de um evento com bebida alcoólica liberada em uma boate de Saquarema na madrugada do acidente.

Julgado ontem, Carlos Vitor Fernandes Nascimento, o Saquaboy, foi absolvido da tese de homicídio doloso e posto em liberdade.  Os jurados entenderam que ele não assumiu a culpa de matar, mesmo dirigindo um carro clonado em alta velocidade e com a carteira de habilitação cassada. De acordo com a Polícia Civil, Carlos Vitor já havia sido condenado por homicídio no trânsito em 2008, quando matou 3 pessoas. Com a decisão, Saquaboy foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão em regime semiaberto. Sua prisão preventiva já foi revogada e a Justiça determinou sua soltura.

Verifique também

Polícia Militar apreende mais de 3700 pinos de cocaína em São Pedro da Aldeia

A Polícia Militar (25º BPM) apreendeu mais de 3700 pinos de cocaína em São Pedro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *