Reprodução/Redes Sociais

Serguei, ícone do Rock brasileiro, morre aos 85 anos

O roqueiro Serguei morreu na manhã desta sexta-feira (7), no Hospital Zilda Arns, em Volta Redonda (RJ). Ele tinha 85 anos e estava internada há cerca de 1 mês.  Segundo os médicos, ele sofria de Alzheimer. O cantor ficou internado no Hospital Municipal Nossa Senhora de Nazaré, distrito de Bacaxá, em Saquarema, por 22 dias antes de ser transferido para o hospital de Volta RedondA. Segundo a Secretaria de Saúde do Município, ele tinha quadro de desidratação, pneumonia e infecção urinária.

Sérgio Augusto Bustamante nasceu em novembro de 1933 e era filho único. Foi morar em Long Island, Nova York, aos 12 anos. Foi lá que começou a participar de festivais estudantis. Na infância, ele teve um amigo russo que lhe chamava de “Sergei” porque tinha dificuldade em pronunciar seu nome corretamente, por isso o apelido ficou.

Desde 1972 morava na cidade de Saquarema. Foi quando começou a ficar famosa a história de que ele havia tido um affair com a cantora Janis Joplin. Quando Joplin visitou o Brasil em 1970, Serguei foi uma das pessoas que acompanharam a artista no Rio de Janeiro.

O roqueiro começou a carreira em 1966 e era conhecido por fazer versões de clássicos, mas sempre com performance exagerada e visual característico do rock dos anos 60, 70 e 80. Serguei se apresentou em quatro edições do Rock in Rio (1991, 2001, 2011 e 2013) e teve a casa em Saquarema transformada em um museu do rock. Ele lançou, ao todo, 11 discos.

Foto: Serguei durante apresentação no Rock In Rio, edição de 1991;

 

O roqueiro chegou a ser destaque da escola de samba Mocidade Independente, em 2013, quando o enredo foi dedicado ao festival de música. Ele saiu na comissão de frente com uma camiseta que tinha a frase “Eu comi a Janis Joplin”. Serguei não deixa herdeiros. O corpo deve ser transladado para Saquarema.

Verifique também

Educação de Cabo Frio inicia nova greve nesta terça-feira (11)

Os profissionais da educação da rede municipal de Cabo Frio aprovaram em assembleia, realizada nesta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *