Foto: Comitê de Bacia Hidrográfica Lagos São João (CBH LSJ)

Prefeitos da Região dos Lagos assinaram ofício solicitando R$ 20 milhões para a Lagoa de Araruama

Através da mediação do Comitê de Bacia Hidrográfica Lagos São João (CBH LSJ), os prefeitos de cinco municípios da Região dos Lagos – Cabo Frio, Arraial do Cabo, Araruama, São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande – assinaram um ofício com pedido de R$ 20 milhões em recursos para a realização da dragagem e desassoreamento da Laguna da Araruama. O documento será encaminhado para avaliação da bancada fluminense na Câmara Federal ainda este ano.

A ideia de se produzir um ofício com o pedido dos recursos surgiu de forma conjunta entre o presidente do CBH LSJ, Leandro Coutinho Mattos, e o coordenador da Bancada do Rio na Câmara dos Deputados, deputado Hugo Leal (PSD). O ofício ainda será assinado e protocolado pelo próprio coordenador da bancada, para então ser avaliado pelo restante dos deputados que a compõem. Os recursos, se aprovado, chegarão através do Consórcio Intermunicipal Lagos São João (CILSJ), para aplicação em 2020.

A Câmara Técnica de Pesca do Comitê Lagos São João aponta oito pontos que estão assoreados, e precisam de ações emergenciais. Esse levantamento, inclusive, está anexado ao ofício como prova da necessidade do uso dos recursos que estão sendo pedidos.

A obstrução desses pontos, que são canais de circulação de água da lagoa, tem causado diversos problemas para a renovação das águas da laguna e dos estoques pesqueiros. Todas as cinco cidades do entorno da laguna – Cabo Frio, Arraial do Cabo, São Pedro, Iguaba Grande e Araruama – estão sendo afetadas diretamente, principalmente em relação ao turismo e desvalorização imobiliária.

 

Verifique também

Conab alerta para a maior alta histórica nos preços do tomate

Segundo o 4º Boletim Prohort, divulgado nesta terça-feira (16) pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento),  …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *