Foto: Divulgação/Prefeitura de Cabo Frio

Operação educativa fiscaliza barraqueiros na Praia do Forte, em Cabo Frio

Cerca de 30 agentes municipais, entre fiscais das coordenadorias de Assuntos Fundiários, Meio Ambiente e Posturas da Secretaria de Desenvolvimento, do Procon e da Guarda Municipal realizaram, durante toda a tarde desta terça-feira (8), uma operação educativa na Praia do Forte. O alvo da ação foram os barraqueiros credenciados pela Prefeitura e o cumprimento das obrigações acertadas durante a reunião de preparação do verão 2018/2019.

A ação começou no Canto do Forte e seguiu até o Posto de Salva-Vidas, nas imediações do Hotel Malibu. Durante o trajeto, todas o proprietários de barracas tiveram as autorizações (crachá) solicitadas e as permissões de trabalho (se alimentos e bebidas ou apenas aluguel de mesas e cadeiras) verificadas.

Segundo a Prefeitura, houve diversas  reclamações sobre consumação mínima e nas barracas em que foram constatadas irregularidades, os coordenadores de Posturas, assuntos Fundiários e Meio Ambiente explicaram aos proprietários as ações e cobranças permitidas de acordo com  as autorizações de trabalho.

A diretora do Procon, Monica Bonioli, orientou tanto clientes como barraqueiros que os 10% cobrados pelo serviço de garçom são de pagamento facultativo aos consumidores, ou seja, não é obrigatório.

 

Verifique também

Educação de Cabo Frio inicia nova greve nesta terça-feira (11)

Os profissionais da educação da rede municipal de Cabo Frio aprovaram em assembleia, realizada nesta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *