Um jogo para a eternidade. Foto/Divulgação: John Sleezer.

Resumão NFL – Semana 11

Hello dear! 🏈

 

 

A semana 11 da NFL já foi para o nosso querido espaço e ela ficará marcada para sempre na história da liga pelo fato de, no Monday Night Football, ocorrer um jogo simplesmente épico e inesquecível. Los Angeles Rams e Kansas City Chiefs jogaram uma partida simplesmente brilhante e que ultrapassou a barreira dos 100 pontos em uma batalha que colocou frente a frente, dois jovens talentos que prometem ser os grandes quarterbacks em um futuro bem próximo: Patrick Mahomes e Jared Goff estão deixando de ser promessa para começarem a ser gigantes, liderando seus times em um jogo memorável. Não à toa, só poderia ser jogado em um estádio que tem o nome de “Memorial Colliseum”. Nada mais oportuno.

Além da guerra louca entre Chiefs v Rams, a rodada em si foi interessantíssima e recheada de grandes jogos. Perdeu alguma coisa? Antes da rodada de ThanksGiving (Dia de Ações de Graça nos Estados Unidos) que começa já com uma rodada tripla nessa quinta-feira (Bears v Lions/ Redskins v Cowboys/ Falcons v Saints), a Rádio Cabo Frio FM te deixa por dentro de tudo o que rolou. Então…

 

 

ARE YOU READY FOR SOME FOOTBALL?!

 

 

 

THE BIG GAME: (KANSAS CITY CHIEFS (9-2) 51-54 LOS ANGELES RAMS (10-1) – Los Angeles Memorial Colliseum)

 

 

Mais de 100 pontos no jogo, quarterbacks duelando em alto nível até o fim e dois timaços com o ataque pegando fogo. WHAT A GAME! Foto/Reprodução: SB Nation Radio.

 

 

Um jogo fantástico. Para quem acompanha o futebol americano, a noite da última segunda-feira, 19 de Novembro, entrou para a história pela louca e espetacular partida entre Chiefs v Rams, que quebrou recordes, contagiou quem sequer torce para essas duas equipes e despertou o interesse de muitos simpatizantes que são amantes da bola oval em potencial, sem dúvida nenhuma.

Muitos questionam: “Como você pode gostar desse esporte violento, chato e que para toda hora?”. Perdoai-os Senhor, não sabem o que falam! Sabemos bem que o futebol americano é um esporte deveras violento, porém encantador por ser extremamente estratégico e emocionante. Como diz Everaldo Marques: “Nunca desista de um jogo da NFL!”, porque esse esporte tem uma capacidade quase que exclusiva de sair do status de decidido para totalmente indefinido em poucos minutos.

O Los Angeles Rams venceu com uma atuação irretocável de Jared Goff. Se lembrarmos o seu desempenho decepcionante sob o comando de Jeff Fisher, é praticamente outro QB após a chegada de Sean McVay. Goff é o quarterback que mais conseguiu first downs (172), o 2º quarterback com mais jardas na temporada (3.547) e com mais passes para mais de 20 jardas (57), o 3º com mais passes para touchdowns (26), e o 5º com mais passes para 40 jardas (9) e de melhor rating até aqui (113.5). Além disso, Goff transmite segurança em suas escolhas parecendo um veterano. Erra, claro que erra, mas seus acertos e improvisos são dignos de um craque não apenas em evolução, mas que a cada semana firma seu nome entre os melhores da liga. Antes questionável, hoje Jared Goff é incontestável.

 


Já o Kansas City Chiefs perdeu, antes de qualquer defeito, porque alguém precisava sair derrotado dessa batalha e acabou sendo a equipe que errou mais, tanto defensiva e principalmente ofensivamente. Mahomes foi interceptado três vezes e sofreu dois fumbles, mas nada que apague sua trajetória na temporada. O segundo-anista é o QB com mais jardas lançadas (3.628), com mais touchdowns (37) e com mais passes para mais de 20 jardas (58); O segundo que mais conseguiu first downs (168) e em passes para mais de 40 jardas (12) e com melhor rating (117.9), além de ser o 5º QB com mais passes completos (264) na temporada. Um capeta em forma de guri que chama bastante a atenção pela sua capacidade de leitura e decisão em frações de segundo, mesmo em movimento.

 

 

Nessa primeira batalha entre Mahomes v Goff, fica a pergunta? Será uma nova versão dos duelos históricos entre Peyton Manning e Tom Brady? Os dois ainda são jovens e ainda tem muito para mostrar… Falando nisso: Ainda bem!

 

 

Los Angeles Rams:

 

 

QB Jared Goff (31 passes completos (49 tentados) – 413 jardas aéreas – 4 TDs; 4 corridas, 6 jardas terrestres – 1 TD)

WR Brandin Cooks (8 recepções, 107 jardas)

RB Todd Gurley (12 corridas, 55 jardas terrestres)

WR Josh Reynold (6 recepções, 80 jardas – 1 TD)

FS Lamarcus Joyner (1 interceptação e 5 tackles)

OLB Samson Ebukam (1 interceptação – 1 TD; 1 fumble recuperado – 1 TD; 1 sack)

DT Aaron Donald (2 sacks – 2 fumbles forçados)

CB Marcus Peters (1 interceptação)

 

 

Kansas City Chiefs:

 

 

QB Patrick Mahomes (33 passes completos (46 tentados), 478 jardas aéreas – 6 TDs – 3 INTs; 6 corridas, 28 jardas terrestres)

WR Tyreek Hill (10 recepções, 215 jardas – 2 TDs)

TE Travis Kelce (10 recepções; 127 jardas – 1 TD)

RB Kareem Hunt (14 corridas, 70 jardas terrestres; 3 recepções, 41 jardas – 1 TD)

WR Chris Conley (7 recepções, 74 jardas – 2 TDs)

DE Allen Bailey (1 sack – 2 fumbles recuperados – 1 TD)

OLB Justin Houston (1 sack – 1 fumble forçado)

DE Chris Jones (2 sacks, 6 tackles)

DT Xavier Williams (1 sack)

 

 

 

 

 

THE BIG GAME 2: (GREEN BAY PACKERS (4-5-1) 24-27 (5-5) SEATTLE SEAHAWKS – CenturyLink Field)

 

 

Seattle Seahawks venceu o Green Bay Packers e segue vivo na luta por uma vaga no Wild Card. Foto/Reprodução: The Boston Globe.

 

 

Aaron Rodgers bem que tentou, mas não deu. O Seattle Seahawks conseguiu se recuperar e buscar uma grande vitória dentro de casa em mais um confronto “Rodgers v Wilson”, de alto nível que faz relembrar a inesquecível final da Conferência Nacional da temporada 2014/15, também em Seattle e com uma grande vitória do Seahawks, também de virada e com uma atuação memorável de Russell Wilson.

No Thursday Night Football que abriu a Semana 11, o jogo começou com a defesa de Green Bay já botando o pé na porta e forçando um fumble no primeiro drive da partida. Na sequência, o RB Aaron Jones correu para oito jardas e anotou os primeiros pontos da partida. Poderia ter sido um 1Q mais favorável para os “Cheeseheads”, se não fosse o FG desperdiçado pelo kicker Mason Crosby de 47 jardas. Já o veterano Sebastian Janikowski, kicker do Seahawks, teve um chute de 39 jardas e converteu o seu Field Goal.

Porém, o Aaron Rodgers fez isso aí…

 

 

 

 

No 2Q, Russell Wilson apareceu. Precisando vencer para continuar mantendo vivo o sonho de ir para os playoffs, o camisa 3 ainda contou com o ótimo apoio do running-back calouro Rashaad Penny (Universidade de San Diego State), o que só contribuiu para dar mais alternativas a um ataque que muitas vezes depende do improviso de seu quarterback. Com dois touchdowns seguidos, um com o passe de 6 jardas de Wilson para o WR Doug Baldwin e depois com a corrida de 1 jarda do RB Chris Carson, o Seahawks passou a frente no placar.

Mas restando pouco mais de 3 minutos para o intervalo, o camisa 12 de Green Bay ainda comandaria o drive para terminar o 1T em vantagem: Após dois bons passes para Aaron Jones (Um de 15 e outro de 22 jardas) e mais um de 11 jardas para o WR Davante Adams, Rodgers finalizaria a campanha com sucesso ao acionar mais uma vez o seu RB segundo-anista em um lindo passe de 24 jardas.

 


Após uma primeira etapa onde os ataques prevaleceriam, chegava a hora das defesas começarem a se impôr, onde apenas a equipe da casa, com mais um FG de Janikowski, dessa vez de 43 jardas, para anotar a única pontuação do 3Q, diminuindo a vantagem para um ponto. No último quarto do jogo, Rodgers enfrentaria sérios problemas para escapar da pressão da defesa do Seahawks, principalmente para variar as chamadas de first downs e com Aaron Jones, que estava em uma noite muito boa, ficando sumido da partida. Mesmo com um passe sensacional de 57 jardas para Adams, Rodgers não escapou de um sack na linha de 12 jardas do campo de ataque, efetuado pelo Defensive-End calouro Rasheem Green (Universidade USC), que fez os “Cabeças de Queijo” se contentarem com um field goal de 36 jardas, convertido por Crosby.

No drive seguinte, Russell Wilson não desperdiçou a oportunidade de conseguir mais uma virada, que dessa vez seria definitiva e com direito a passes de 18 e 34 jardas para o WR Tyler Lockett, chegando ao TD em uma 3rd & 9 na linha de 15 jardas do campo de ataque, encontrando o Tight-End Ed Dickson com um passe de 15 jardas até a endzone. No drive seguinte, mais chamadas ruins no ataque de Green Bay e vitória do Seattle Seahawks.

 


Com a vitória, o Seattle ocupa a 2ª posição na NFC Oeste com uma campanha 5-5, ainda vivo por uma vaga no Wild Card, já que o LA Rams está muito perto de garantir o título da divisão. Na Semana 12, encara o Carolina Panthers, no Bank of America Stadium, no próximo domingo.

Já o Green Bay Packers está em 3º lugar na NFC Norte com uma campanha 4-5-1, ficando em uma situação bem complicada para buscar uma vaga na pós-temporada. Na próxima semana, enfrenta o Minnesota Vikings, no U.S Bank Stadium, em um jogo que pode ser de vida ou morte para ambos.

Aliás, esse será o Sunday Night Football da semana 12.

 

Seattle Seahawks:

 

QB Russell Wilson (21 passes completos (31 tentados), 225 jardas aéreas – 2 TDs; 5 corridas, 17 jardas terrestres)

RB Chris Carson (17 corridas, 83 jardas terrestres – 1 TD)

WR Tyler Lockett (5 recepções, 71 jardas)

WR Doug Baldwin (7 recepções, 57 jardas – 1 TD)

DE Frank Clark (3 tackles – 2 sacks)

K Sebastian Janikowski (2 FGs – 39 e 43 jardas)

 

 

Green Bay Packers:

 

QB Aaron Rodgers (21 passes completos (30 tentados) – 332 jardas aéreas – 2 TDs)

RB Aaron Jones (11 corridas, 40 jardas terrestres – 1 TD; 5 recepções – 63 jardas – 1 TD)

WR Davante Adams (10 recepções, 166 jardas)

LB Kyler Fackrell (5 tackles – 3 sacks)

 

 

 

 

 

BANG BANG: (TAMPA BAY BUCCANEERS (3-7) 35-38 (3-7) NEW YORK GIANTS – MetLife Stadium)

 

 

Saquon Barkley liderou o NY Giants à segunda vitória seguida na temporada. Foto/Reprodução: USA Today.

 

 

 

Nem só de Chiefs v Rams viverá a NFL, mas também de Buccs v Giants. Ok, não são times que fazem campanhas lá muito empolgantes, mas até que fizeram um jogo movimentado e com um total de 73 pontos.

Apesar disso, a partida teve um domínio total do NY Giants que abriu 21-7 no início do 3Q, com uma interceptação do linebacker Alec Ogletree retornada para touchdown, a famosa “pick six”. Antes disso, o RB calouro Saquon Barkley (Universidade da Pensilvânia) anotou dois TDs: O primeiro recebido após passe de 6 jardas de Eli Manning e o segundo correndo para 5 jardas.

 


No 2T, o Giants ainda converteria um FG de 52 jardas (!) com o Kicker segundo-anista Aldrick Rosas (Universidade South Oregon) e teria ainda mais dois TDs: Um com a conexão Eli-Odell em um passe de 8 jardas e no último quarto, com uma curta corrida de Saquon Barkley pelo meio, de duas jardas. Além disso, a defesa nova iorquina ainda forçou quatro interceptações, sendo três em Ryan Fitzpatrick e mais um em Jameis Winston. Os responsáveis?  O safety Curtis Riley, o defensive-back Michael Tomas, além do cornerback B.W. Webb, além de Ogletree.

Pelo lado de Tampa, nenhum turnover forçado e muitos sofridos, mas uma boa atuação do RB Peyton Barber que ultrapassou a marca de 100 jardas terrestres e o WR Mike Evans ultrapassou a marca de 100 jardas recebidas. Falando de quarterbacks, foi uma tarde bastante infeliz de Winston e Fitzpatrick, mesmo ambos combinando para 366 jardas aéreas.e 30 jardas corridas.

 


Com a vitória, o NY Giants continua na 4ª posição da NFC East com uma campanha 3-7; O Tampa Bay Buccaneers também está na lanterna da sua divisão, a NFC South, com uma campanha 3-7.

Na Semana 12, o Giants enfrenta o Philadelphia Eagles no Lincoln Financial Field, no próximo domingo; Já o Buccs, recebe o San Francisco 49ers no Raymond James Stadium.

 

New York Giants:

 

QB Eli Manning (17 passes tentados (18 tentados) – 231 jardas aéreas – 2 TDs)

RB Saquon Barkley (27 corridas, 142 jardas terrestres – 2 TDs/ 2 recepções, 10 jardas – 1 TD) – Melhor jogador ofensivo da NFC na Semana 11.

WR Odell Beckham Jr. (4 recepções, 74 jardas – 1 TD/ 1 corrida, 11 jardas terrestres)

LB Alec Ogletree (7 tackles; 1 interceptação – 1 TD)

CB B.W. Webb (6 tackles; 1 interceptação)

FS Curtis Riley (3 tackles; 1 interceptação)

DB Michael Thomas (1 interceptação)

K Aldrick Rosas (1 FG – 52 jardas)

 

 

Tampa Bay Buccaneers:

 

QB Jameis Winston (12 passes completos (16 tentados), 199 jardas aéreas – 2 TDs/1 INT; 5 corridas, 16 jardas terrestres)

QB Ryan Fitzpatrick (13 passes completos (21 tentados), 167 jardas aéreas – 3 INTs; 4 corridas, 14 jardas terrestres – 1 TD)

RB Peyton Barber (18 corridas, 106 jardas terrestres – 1 TD)

WR Mike Evans (6 recepções, 120 jardas – 1 TD)

WR Adam Humphries (3 recepções, 60 jardas – 1 TD)

TE O.J. Howard (5 recepções, 78 jardas)

DT Gerald McCoy (4 tackles, 2 sacks)

 

 

VIROU PASSEIO – Parte 1: (PHILADELPHIA EAGLES (4-6) 07-48 (9-1) NEW ORLEANS SAINTS – Mercedes-Benz Superdome)

 

 

O New Orleans Saints massacrou o Philadelphia Eagles e o impôs a maior derrota de um atual campeão na história da NFL. Foto/Reprodução: Sporting News.

 

 

Com mais uma atuação simplesmente fantástica do ataque, o New Orleans Saints não tomou conhecimento do atual campeão e venceu com autoridade e tranquilidade dentro de seus domínios. Com Drew Brees simplesmente imparável e um jogo corrido extremamente eficiente, não houve resposta da equipe de Philadelphia no confronto que poderia ter sido a final da NFC na última temporada.

Drew Brees, favorito ao prêmio de MVP nessa temporada, teve um total de 22 passes completos e 363 jardas aéreas, anotando 4 TDs. Brees, aliás, é o quarto com mais passes para TDs na temporada (25) e o 6º com mais jardas lançadas (2.964) e quem possui o maior rating da liga (126.9). A mortal dupla de running-backs Mark Ingram (16 corridas, 103 jardas – 2 TDs) e Alvin Kamara (13 corridas, 71 jardas) alcançou um total de 174 jardas terrestres, sem contar a recepção de 37 jardas de Kamara que também resultou em um touchdown.

No grupo de recebedores, destaque para o WR calouro Tre’Quan Smith (Universidade da Flórida) com 10 recepções e 157 jardas, anotando 1 TD; Já Michael Thomas, que vive uma grande temporada, teve apenas 4 recepções, mas teve um total de 92 jardas e também anotando 1 TD; Na defesa, o safety Chris Banjo conseguiu duas interceptações e o cornerback Marshon Lattimore anotou mais uma.

Com a vitória, o New Orleans Saints segue na liderança da NFC South com uma campanha 9-1. Na Semana 12, recebe o Atlanta Falcons no Mercedes-Benz Superdome; Já o Philadelphia Eagles é o 3º colocado da NFC East com uma campanha 4-6. Na Semana 12, recebe o New York Giants no Lincoln Financial Field, na Pensilvânia.

 

 

 

 

VIROU PASSEIO 2: (TENNESSEE TITANS (5-5) 10-38 (5-5) INDIANAPOLIS COLTS – Lucas Oil Stadium)

 

 

O Indianapolis Colts conseguiu a quarta vitória seguida na temporada. Foto/Reprodução: WTHR.

 

 

 

Com mais uma boa atuação do talentoso QB Andrew Luck, o Indianapolis Colts conseguiu uma grande vitória que o credencia a lutar por uma vaga no Wild Card da AFC. Destaque também para a grande atuação do wide-receiver T.Y. Hilton, que teve um total de 155 jardas em 9 recepções, anotando 2 TDs e sendo crucial para uma vitória tão larga sobre o rival da AFC South.

Luck completou 23 dos 29 passes tentados e teve um total de 297 jardas aéreas com 3 passes para touchdown, em uma partida que a equipe de Indianápolis chegou a ir para o intervalo vencendo por 24-3. A defesa também fez a sua parte, conseguindo duas interceptações (Uma com o OLB calouro Darius Leonard (Universidade de South Carolina) e outra com o CB segundo-anista Quincy Wilson). Aliás, Marcus Mariota sofreu com a defesa do Colts, com o próprio Darius Leonard (5 tackles e 1 sack) e o DE Jabaal Sheard (3 tackles – 1.5 sack) infernizando a vida do quarterback de Tennessee.

Olho nesse Indianapolis Colts…

 

 

 

 

 Outros resultados:

 

 

Cincinnati Bengals (5-5) 21-24 Baltimore Ravens (5-5)

Dallas Cowboys (6-5) 22-19 Atlanta Falcons (4-6)

Pittsburgh Steelers (7-2-1) 20-16 (3-7) Jacksonville Jaguars 

Houston Texans (7-3) 23-21 (6-5) Washington Redskins

Carolina Panthers (6-4) 19-20 (4-7) Detroit Lions

Denver Broncos (4-6) 23-22 (7-3) Los Angeles Chargers

Oakland Raiders (2-8) 23-21 (2-8) Arizona Cardinals

Minnesota Vikings (5-4) 20-25 (8-3) Chicago Bears

 

Na quinta-feira, na rodada de Thanksgiving, já pela Semana 12:

 

Chicago Bears (8-3) 23-16 (4-7) Detroit Lions

Washington Redskins (6-5) 23-31 (6-5) Dallas Cowboys

 

 

 

 

 

Felipe Henriques

Verifique também

Cabofriense anuncia três reforços para a disputa do Campeonato Carioca

Após a contratação do atacante Rincón, a Cabofriense segue reforçando o elenco para a disputa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *